Indiciado borracheiro filmado matando a ex-mulher

Indiciado borracheiro filmado matando a ex-mulher

Cabeleireira Maria Islaine de Morais, 31 anos, trabalhava quando o ex-marido invadiu atirando

O borracheiro Fábio Willian Silva Soares, 30 anos, foi indiciado nesta sexta-feira por homicídio duplamente qualificado, segundo a Polícia Civil em Belo Horizonte (MG). Soares foi filmado atirando nove vezes contra a ex-mulher no último dia 20 de janeiro.

A cabeleireira Maria Islaine de Morais, 31 anos, trabalhava no salão de beleza de propriedade dela quando o ex-marido invadiu atirando. O crime foi gravado pelo circuito interno de segurança do estabelecimento.

Ao remeter o inquérito para o Ministério Público, a Delegacia de Homicídios considerou que o borracheiro cometeu o crime por motivo fútil e não possibilitou a defesa da vítima. Após a análise do MPE, o processo será encaminhado à Justiça. Se condenado, Soares poderá pegar entre 12 e 30 anos de cadeia.

Antes de ser executada, a cabeleireira registrou oito ocorrências contra o ex-marido. O advogado dela chegou a pedir a prisão dele, mas a Justiça não autorizou.

Fábio Willian Silva Soares está preso no Centro de Remanejamento de Presos do bairro Gameleira, na região oeste de Belo Horizonte. Na última segunda-feira o Tribunal de Justiça de Minas negou o pedido de liberdade provisória impetrado pelo advogado de defesa dele, Ércio Quaresma.

Fonte: Terra, www.terra.com.br