Investigado grupo suspeito de abusar de 40 meninas

Investigado grupo suspeito de abusar de 40 meninas

Quarenta menores são vítimas de abuso na Bahia

Uma investigação sobre apostas feitas para saber quem tiraria a virgindade do maior número de garotas levou a polícia da cidade de Tanhaçu (na Chapada Diamantina, a 471 km de Salvador) a um grupo de pelo menos 15 pessoas. Elas são acusadas de abusar sexualmente de 40 crianças e adolescentes, com idades entre 12 e 14 anos.

Para se aproximar das vítimas, os homens chegavam a prometer namoro e casamento. Uma vez atraída, a vítima era conduzida até a casa de um deles, onde sofria o abuso. "Eu acreditei na conversa dele, dizendo que estava apaixonado por mim e que iríamos nos casar", relatou uma das garotas. Ela afirma ter tido relações há pouco mais de um ano com um dos rapazes investigado.

A delegada Ana Paula Gomes Ribeiro reuniu provas da materialidade do crime e conseguiu localizar outras vítimas, que sustentaram as versões e apontaram a participação de 15 jovens e adultos de classe média, com idades entre 20 e 34 anos. A prisão preventiva de três deles já foi solicitada. Nenhum dos supostos envolvidos teve o nome divulgado, para não interferir no curso das apurações.

Fonte: Terra