Irmã de Angela Bismarchi desarmou ex e atirou contra o peito, diz namorado à polícia

Irmã de Angela Bismarchi desarmou ex e atirou contra o peito, diz namorado à polícia

Jolmar não foi indiciado, mas deve responder por homicídio

A irmã da peoa Angela Bismarchi, Angelina Filgueiras dos Santos, de 42 anos, atirou contra o próprio peito após desarmar o ex-marido Márcio Luiz Dias da Fonseca na madrugada deste sábado (16) em sua casa em Piratininga, Niterói, região metropolitana do Rio, segundo relatou à polícia o namorado dela, Jolmar Wagner Alves Milato. Em depoimento na 81ª DP após o crime, Jolmar, que estava com Angelina quando o ex dela chegou armado, disse que, depois disso, tomou a arma e matou Fonseca. Ele alega legítima defesa.

Jolmar não foi indiciado, mas deve responder por homicídio. Após prestar depoimento, ele foi liberado por não ter antecedentes criminais e por ter apresentado espontaneamente.

- A primeira versão é de que a motivação seria passional e também estamos trabalhando com a primeira versão de legítima defesa.

A polícia investiga se o ex-marido foi até sua casa para tentar uma reconciliação. Na ocasião, ele a encontrou no quarto com o atual namorado. Ele estava armado e começou uma briga com o casal. Inicialmente, a hipótese considerada para a morte de Angelina era de disparo acidental durante luta corporal. Entretanto, o namorado disse à polícia que, durante a briga, a escrivã da Polícia Federal ameaçou se matar.

O ex-marido de Angelina morreu no local. Já a irmã de Angela chegou a ser levada com vida para o hospital da região, mas não resistiu aos ferimentos. O corpo dela foi levado para o IML (Instituto Médico Legal) de Tribobó e reconhecido pelo marido de Angela Bismarchi, o cirurgião plástico Wagner de Moraes. A perícia já esteve na casa onde aconteceu o crime. De acordo com a polícia, Márcio era capitão de fragata da Marinha.

Fonte: r7