Irmã de empresário tem certeza que namorada o matou por dinheiro

Elen Cury foi presa depois de ter ido a delegacia

Patrícia Lavina, de 31 anos,  irmã de Felipe Lavina, de 27 anos, contou que não ficou surpresa ao saber da prisão da namorada dele, Elen Cury, de 23, como suspeita de participar da morte do empresário. Segundo a irmã da vítima duas semanas antes do crime, o casal teve uma discussão, na qual Elen teria jogado uma garrafa de água congelada na cabeça de Felipe.Ele, de acordo com o relato, ficou machucado, mas nada grave.

A mulher disse ainda que os dois estavam juntos havia dois anos e que tem certeza que o motivo da execução foi dinheiro. Ela disse ainda que seus pais estão abalados porque se davam bem com Elen.

Elen Cury foi presa na noite desta quinta-feira depois de ter ido até a Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) prestar depoimento. Ela teve a prisão preventiva decretada.

O menor apreendido na participação do crime afirmou que Elen participou do assassinato. Esse adolescente disse ser primo da jovem, porém ela nega. Os dois passaram por uma acareação.

Image title

Image title

Image title

Image title


Fonte: Com informações do Jornal Extra