Irmãos são acusados de matar dançarina Kelly Cyclone na Bahia

Irmãos são acusados de matar dançarina Kelly Cyclone na Bahia

Os irmãos foram apontados como autores do assassinato da dançarina Kelly Cyclone

Os irmãos Emerson Cosme Anjos dos Santos, 26 anos, o Miminho, e Ericson Anjos dos Santos, 28 anos, o Véio, foram apontados como autores do assassinato da dançarina Kelly Sales Silva, a Kelly Cyclone. O crime ocorreu em julho deste ano.

O depoimento de três testemunhas e as imagens de câmeras de segurança de estabelecimentos comerciais próximos ao local no qual a dançarina foi morta foram tomados como base pela polícia para indiciar os irmãos, que são apontados como traficantes.

A nota divulgada pela polícia indica que Tony Rogério Costa de Freitas, o Tony,27 anos, pode ter sido o mandante do crime. A nota afirma que "o crime pode ter sido motivado pelo fato de Kelly ter iniciado um relacionamento com um rapaz de prenome Gustavo, filho de um policial civil, traindo o traficante Tony, com o qual namorava. Tony era comparsa de Véio e Miminho".

A delegada da 23ª DT (Lauro de Freitas), Dilma Leite, que presidiu o inquérito juntamente ao delegado Joelson Reis, titular da unidade, explicou que o motivo do assassinato não foi esclarecido. "A motivação do crime não ficou clara. Não sabemos se foi Tony o mandante, mas depoimentos de testemunhas indicam que foram esses dois (que executaram)", afirmou a delegada.

Miminho e Véio estão presos na Cadeia Pública de Salvador, no Complexo Policial de Mata Escura. Mesmo assim, a delegada já solicitou à Justiça a prisão preventiva dos irmãos. Os dois acusados devem ser denunciados à Justiça pela promotora da Vara de Execuções Penais de Lauro de Freitas, Ivana Silva Moreira.

Fonte: Terra, www.terra.com.br