Irmãos são presos por matar o pai para defender a mãe em SP

A mulher tentou fugir para o quintal da casa, mas o marido teria a agarrado

Dois filhos mataram o próprio pai para defender a mãe na madrugada deste sábado, em Botucatu, a 244 km de São Paulo. Segundo informações do Boletim de Ocorrência, Adão Custódio Mendes, 45 anos, estava discutindo com sua mulher, Adriana Rodrigues Mendes, devido a um dinheiro gasto no conserto do carro, quando passou a agredi-la fisicamente, no Jardim Brasil - periferia da cidade.

A mulher tentou fugir para o quintal da casa, mas o marido teria a agarrado e começou a enforcá-la. Neste momento, um filho do casal, Tiago Mendes, 23 anos, pegou um pedaço de pau e acertou as costas e a cabeça do pai.

Mesmo após ter sido acertado, Adão Mendes continuava a enforcar a mulher e segundo relato do Boletim de Ocorrência, o outro filho do casal, um adolescente de 16 anos, apanhou uma faca na cozinha e esfaqueou o pai, até ele soltar a mãe.

Adão caiu morto no quintal e os dois filhos ficaram no local do crime até a chegada da Polícia. "Ele tinha bebido muito e começou a agredir minha mãe. Tentei apartar, cheguei até a quebrar o pedaço de pau na cabeça dele, mas ele não largou dela, ele estava descontrolado, então meu irmão também veio em defesa da nossa mãe e acertou as facadas nele. Se ele não tivesse morrido, ele, com certeza, teria matado nossa mãe", lamentou Tiago.

A Polícia informou que Adão já contava com passagem criminal por homicídio e os filhos afirmaram que ele já havia agredido a mãe em outras oportunidades.

Os irmãos foram detidos em flagrante pelo homicídio do pai. O adolescente de 16 anos será encaminhado para uma Unidade da Fundação Casa, na região e Tiago Mendes foi levado à cadeia Pública de Botucatu.

Fonte: Terra, www.terra.com.br