Italiano suspeito de matar mulher e filha tem 70 armas, diz Polícia

Italiano suspeito de matar mulher e filha tem 70 armas, diz Polícia

Divisão de Homicídios investiga se Enrico Telece seria colecionador. Estrangeiro está no Hospital Souza Aguiar, após dar um tiro na cabeça.

O italiano Enrico Telece, que segundo a polícia tentou se matar após assassinar a mulher e a filha de 3 anos na Favela do Jacarezinho, Subúrbio do Rio, na tarde desta segunda-feira (21), teria mais de 70 armas. A informação, mostrada pelo RJTV desta terça (22), é da Divisão de Homicídios, que investiga se o estrangeiro é colecionador de armas. Segundo o delegado titular da unidade, Daniel Freitas, o suspeito foi encaminhado sob custódia ao Hospital Souza Aguiar, no Centro. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, ele passou por uma neurocirurgia, e seu estado de saúde era grave nesta manhã.

De acordo com o delegado, um vizinho de Enrico teria ouvido os disparos e chamou a polícia. A Divisão de Homicídios também foi acionada para o local, logo após o crime. Agentes da delegacia realizaram perícia no local e apreenderam a arma. De acordo com o delegado, a motivação do crime seria a dificuldade financeira que o estrangeiro estaria passando.

"Ele estava desempregado e em dificuldades financeiras", disse o delegado Daniel Freitas. O italiano deverá responder por dois homicídios qualificados, de acordo com o delegado.

Fonte: G1