Jogador brasileiro vai depor em outubro por acusação de estupro

Brandão é acusado de estupro por uma jovem francesa

O ex-atacante brasileiro do Olympique de Marselha, Brandão, acusado de estupro e emprestado atualmente ao Grêmio, vai voltar à França em outubro para depor no processo aberto contra ele, segundo um comunicado divulgado nesta quinta-feira por advogados.

Brandão "decidiu ir à França durante a segunda quinzena de outubro para se reunir com os especialistas e se submeter aos exames ordenados", especialmente os relativos a testes psicológicos e de personalidade, indicaram os representantes legais, Alain Molla e Christophe Bass.

O jogador brasileiro, 30 anos, voltou ao Brasil após ser preso por um caso de estupro no dia 9 de março, acusado por uma jovem de 24 anos. O controle judicial não proibia Brandão de sair do território francês.

Segundo o jornal La Provence, o atacante viajará a Marselha em meados de outubro para depor diante do juiz Philippe Bergeron, o novo magistrado encarregado de prosseguir com o caso.

Brandão "segue à disposição da justiça francesa para responder a todas as convocações que lhe enviarem", afirmaram os advogados dele. O ex-atacante do Olympique "deseja (...) ser apresentado perante a denunciante, neste caso no qual o contato sexual não apenas foi consentido, mas desejado por ela".


Jogador brasileiro vai depor em outubro por acusação de estupro

Os advogados classificam de "errôneas" as informações de um artigo publicado este mês que considerava o caso de Brandão com o "caso DSK (Dominique Strauss-Kahn) do futebol".

O jogador, seguindo conselhos de Molla e Bass, acompanha de perto a evolução da situação legal na França e mostra-se interessado em que não ocorra "nenhuma lentidão no processo".

Fonte: Terra, www.terra.com.br