Jogador de futebol mata mulher de 56 anos a facadas em Guarujá, São Paulo

Um jogador de futebol matou, durante a madrugada desta quarta-feira (7), uma mulher de 56 anos em Guarujá, no litoral de São Paulo.

Um jogador de futebol matou, durante a madrugada desta quarta-feira (7), uma mulher de 56 anos em Guarujá, no litoral de São Paulo. Gianluca Geroiano, de 21 anos, atuava como lateral-esquerdo do Navegantes Esporte Clube, que disputa a 3ª Divisão em Santa Catarina.

Segundo a Polícia Militar, Gianluca invadiu o apartamento da mulher, com quem já havia discutido algumas vezes, e a atacou com três golpes de faca. Após isso, ele teria abaixado as calças da vítima e colocado ketchup e óleo de cozinha nas nádegas dela. Exames devem mostrar se houve ou não violência sexual.

Ainda de acordo com a polícia, o suspeito teria esperado a vítima em uma escadaria do prédio, quando ela chegou, ele a puxou para dentro do apartamento. Ela tentou se afastar, mas não conseguiu, então ele deu as três facadas em seu pescoço.

Gianluca ainda mandou uma mensagem para o celular da filha da vítima, se passando por ela, mas como havia erros de português, a filha desconfiou e chamou a polícia. Segundo ela, sua mãe já havia falado que o vizinho a estava perseguindo. O suspeito teria ainda lavado a roupa dele para tirar o sangue, mas as manchas não saíram.

A polícia ficou entre às 2h e às 6h colhendo provas do crime, para só então entrar no apartamento de Gianluca. Ele confessou que matou a mulher e que ainda roubou R$ 70 e o celular, que jogou pela janela quando viu a polícia.



Fonte: G1