Jogador é preso acusado de assaltos e clube alega injustiça

A diretoria do time de Altos afirmou que o jogador é inocente.

Nesta terça-feira (03/05), policiais militares do 11º batalhão da cidade de Timon realizaram a prisão de uma dupla acusada de realizar assaltos no município. Um dos suspeitos é o volante Gilcelan, do time de Altos, mais conhecido como Bruno. De acordo com informações, com os dois foi encontrado R$ 13 mil em dinheiro que teria sido roubado das vítimas e um revólver calibre 32.

A diretoria do time de Altos afirmou que o jogador é inocente e a sua prisão é injusta. Segundo testemunhas, o volante não foi ao último treino do time que joga hoje às 20h contra o Piauí pelo Campeonato Piauiense.

De acordo com o tenente, os dois foram pegos em flagrante: “Eles estavam realizando assaltos e pegando bolsas das vítimas, pelo que nos pudemos perceber eles estavam atrás de quem estava sacando dinheiro para em seguida realizar o roubo”, declarou.

A dupla foi conduzida para a Central de Flagrantes onde foram reconhecidos por todas as vítimas.

O jogador Gilcelan tem 30 anos e se mostrou presente na maioria dos jogos do time. A informação sobre a sua prisão assustou o diretor do clube e a sua família, para eles, tudo não passa de um engano.

“Ele não está envolvido em crime nenhum, estão incriminando ele de forma injusta, isso está manchando a sua imagem de homem trabalhador e pai de família. Temos a expectativa de que ele seja solto ainda nesta quarta”, falou o presidente Warton Lacerda.

Acusado preso (Crédito: Plantão Policial PI)
Acusado preso (Crédito: Plantão Policial PI)

Dinheiro apreendido com a dupla (Crédito: Plantão Policial PI)
Dinheiro apreendido com a dupla (Crédito: Plantão Policial PI)

Volante do Altos preso (Crédito: Plantão Policial PI)
Volante do Altos preso (Crédito: Plantão Policial PI)

Motocicleta usada em assaltos (Crédito: Plantão Policial PI)
Motocicleta usada em assaltos (Crédito: Plantão Policial PI)

Fonte: Portal Meio Norte