Jogador mostra órgãos genitais para mulher em Goiânia

Advogado do clube afirma que o volante apenas cumprimentou a mulher.

O volante do Atlético-GO Ernandes foi encaminhado, na tarde desta segunda-feira (29), ao 2º Distrito Policial de Goiânia para prestar depoimento sobre um suposto assédio sexual a uma mulher. De acordo com o delegado Orlando Silva Santana, a vítima disse que o jogador parou carro ao seu lado e falou palavras de cunho sexual, além de ter mostrado os órgãos genitais para ela. Após o suposto ato, a mulher - que é casada - entrou e contato com o marido, que procurou a Polícia Militar.

De acordo com o delegado, o jogador admitiu a ação de parar o carro ao lado da mulher, porém, negou os detalhes da acusação. A assessoria de imprensa do Atlético-GO informou que Ernandes confirmou apenas que parou o carro ao lado da mulher, mas negou a acusação de assédio. O advogado do clube, Marcos Egídio, afirmou ao G1 que o jogador apenas cumprimentou a mulher.

Segundo a assessoria do Atlético-GO, o volante não pretende dar entrevista sobre o assunto, pois o fato refere-se à vida particular do jogador.

Após registrar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), o delegado liberou Ernandes, que deve comparecer a uma audiência no Juizado Especial Criminal, em data a ser confirmada.

Fonte: G1