Jogador suspeito de estupro coletivo alega inocência no Facebook

O rapaz fez a publicação antes de ser preso em restaurante.

No último sábado, o acusado de participar do estupro coletivo no  Morro do Barão contra uma jovem de 16 anos, Lucas Perdomo Duarte Santos, de 20 anos, fez uma publicação no seu Facebook onde desabafa e diz ser inocente das acusações. O texto foi escrito antes do jogador ser detido e levado para a penitenciária junto com Raí de Souza.

Nessa quinta-feira, a delegada Cristiana Bento, titular da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima (Dcav), pediu à Justiça a revogação da prisão de Lucas, por entender que não há elementos de sua participação no crime. Até a noite dessa quinta, ele ainda não havia sido solto.

Na publicação, Lucas afirma que não é estuprador e que se fosse nem vivo estaria: “Eu não preciso disso! Sou um cidadão do bem pra ser respeitado. Peço a todos que orem por mim”. No fim do texto, ele coloca o trecho de uma música de uma cantora gospel: “Meu advogado é o meu senhor. Ele me defende do acusador”.

Na foto, Lucas e Raí estão com as mesmas roupas com as quais estiveram na Cidade da Polícia, na noite anterior à postagem. O jogador recebeu o apoio de dezenas de amigos. “Tudo vai se explicar, tudo no seu tempo mano, Deus no controle sempre”, escreveu um deles. “Fé em Deus, meu fiel, sua inocência será mais que provada”, afirmou outro rapaz.

Lucas Perdomo sendo preso (Crédito: Reprodução)
Lucas Perdomo sendo preso (Crédito: Reprodução)
Postagem de Lucas Perdomo (Crédito: Reprodução)
Postagem de Lucas Perdomo (Crédito: Reprodução)
Fonte: Com informações do Extra