Jornal é punido por dizer que atores famosos são gays

Jornal é punido por dizer que atores famosos são gays

O jornal "Al Balagha Al Gadid" do Egito teve sua circulação interrompida temporariamente por decisão do Supremo Conselho de Jornalismo, após a publicação ter dito que conhecidos atores locais são gays.

A proibição para deixar de circular veio depois que o jornal informou que os atores Nour El Sherif, Khaled Aboul Naga e Hamid El Wazer são homossexuais e que tinham participado de uma festa com garotos de programa no Hotel Intercontinental Seminaris Cairo.

El Sherif disse: "Incluir meu nome entre os homossexuais não só caluniou-me, mas a todos os artistas egípcios. A União de Jornalistas tem que ser rigorosa com quem ataca a divindade dos artistas deste país".

Os atores entraram com uma ação judicial contra os responsáveis pelo jornal. Apesar da homossexualidade não ser ilegal no Egito, a grande maioria da sociedade rejeita em grande parte gays e lésbicas que são normalmente presos enquadrados na lei da moral e da decência.

Fonte: AE