Jornalista conhecido por fazer denúncias é assassinado em MS

Carvalho mantinha o site Última Hora News, onde escrevia diversos artigos de denúncias de envolvimento de autoridades políticas e policiais em ativida

O proprietário de um jornal eletrônico de Campo Grande (MS), Eduardo Carvalho, foi executado na noite dessa quarta-feira em frente à sua casa, no bairro Giocondo Orsi. Ele saía da residência em uma moto quando foi abordado por dois homens que também estavam em uma motocicleta.

As informações são de que Carvalho foi atingido por disparos assim que saiu e que os motociclistas o esperavam do lado de fora. O empresário, que é policial militar aposentado, morreu na hora.


Jornalista conhecido por denúncias é assassinado em MS

Testemunhas disseram que minutos depois dos disparos, os dois assassinos voltaram ao local do crime para conferir se a vítima estava de fato morta. Carvalho mantinha o site Última Hora News, onde escrevia diversos artigos de denúncias de envolvimento de autoridades políticas e policiais em atividades irregulares. Essas denúncias, geralmente, eram baseadas em informações de bastidores. Até o momento não há informações de suspeitos nem a possível motivação do crime.

Com Carvalho, três comunicadores já foram assassinados este ano em Mato Grosso do Sul. O primeiro foi o jornalista Paulo Rocaro, do Jornal da Praça, no município de Ponta Porã, em fevereiro. Ele ficou famoso por fazer denúncias contra traficantes na região de fronteira.

No mês de outubro, o dono do mesmo veículo, Luís Henrique Georges, chamado de Tolu, foi executado com vários tiros na avenida Brasil, que divide o território brasileiro do paraguaio e onde Rocaro também foi morto.

Fonte: Terra