Jornalista é morto com dois tiros em Ipatinga, Estado de Minas Gerais

O jornalista foi apresentador de um programa policial em uma rádio da cidade

O jornalista e bacharel em Direito Rodrigo Neto foi assassinado na noite desta sexta-feira em Ipatinga (MG). O repórter da editoria de polícia foi baleado duas vezes por dois homens em uma motocicleta quando entrava em seu carro após deixar um restaurante. Neto foi atingido com um tiro na cabeça e outro no peito, foi levado ainda com vida ao Hospital Municipal de Ipatinga, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O jornalista foi apresentador de um programa policial em uma rádio da cidade. Antes de morrer, Neto havia se transferido para o Jornal Vale do Aço, onde era editor também de polícia. Segundo o jornal, o repórter já havia sido ameaçado anteriormente.

Fonte: terra.com