Jornalista relata momentos de terror após ser espancada e estuprada

A jornalista foi agredida pela sogra dos seus filhos e o marido del

A jornalista chamada Rosimara Aparecida Dias Domingos, de 43 anos, viveu momentos de terror na última quarta-feira quando foi agredida, torturada e estuprada pela sogra dos seus filhos e o marido dela em Dom Cavati, Minas Gerais.

Minutos depois da ocorrência, o casal foi preso e autuados por tentativa de homicídio. Já para Rosimara, o crime vai ficar marcado para sempre na sua vida. Com temor em sair de casa e medo de dormir, a vítima não consegue esquecer os momentos em que passou.

“Sinto pavor, é como se eu não estivesse viva. Parece que eu estou presa e não eles. Não consigo dormir, qualquer barulho que escuto penso que são eles chegando, não sei como vai ser da minha vida”, disse ela.

Image title

De acordo com a vítima, tudo começou quando Rosimara foi cobrar algo que a acusada estava devendo. “Eu costumava emprestar a ela cheques em branco para que deixasse como garantia em um açougue, onde comprava fiado. Ela disse que me devolveria até o dia 30, o que não aconteceu. Então fui até o açougue saber se estava lá. E não estava. Fiquei intrigada, onde poderia estar? Mas deixei para lá, pois ela era praticamente da família, e imaginei que fosse me devolver. Ela soube disso, e, enquanto preparava o café, me questionou sobre isso. Disse que eu a havia desmoralizado no açougue. Foi quando ela me deu um tapa no rosto e disse que iria “acertar as contas” comigo”, relata.

Dali em diante, Rosimara ficou sob poder do casal. A jornalista conta que tentava se justificar, mas que recebia em troca tapas e socos. Segundo ela, após as primeiras agressões, os dois a arrastaram até o quarto, onde foi abusada sexualmente sob a mira de uma faca.

Image title

Image title


Fonte: Com informações do Jornal Extra