Jovem asfixiada pelo noivo deixa a UTI e abre os olhos após 4 meses

Crime aconteceu em 31 de março deste ano, em São Vicente, SP

A enfermeira que foi asfixiada dentro do próprio apartamento em São Vicente, no litoral de São Paulo, há quatro meses, deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). De acordo com a irmã da vítima, ela já está no quarto e respondendo a alguns estímulos. Janina Alves, de 27 anos, já está abrindo os olhos e, com isso, a família voltou a acreditar em uma recuperação plena. O noivo de Janaína é o principal suspeito de cometer o crime. Ele foi preso no dia 9 de agosto em Praia Grande.

Image title

Segundo Marcela Camilla, a situação da irmã continua delicada, mas a saída da UTI trouxe esperança à família. "Ela está no quarto, mudou logo depois do aniversário. Foi transferida do Hospital Ana Costa para Santa Casa, mas o quadro dela é semivegetativo, ela responde alguns estímulos, mas ainda não fala e não tem completamente a função motora", contou.

Apesar da pequena melhora de Janaína, Marcela prefere manter cautela. "Os médicos estão acompanhando porque a lesão dela foi muito grave. Às vezes ela abre o olho, mas tudo está sendo tratado com calma e nós esperamos que ela saia dessa situação o quanto antes", acrescentou.

Fonte: Com informações do G1