Jovem baleada no carro de Adriano passa por cirurgia para reconstruir mão esquerda

Jovem baleada no carro de Adriano passa por cirurgia para reconstruir mão esquerda

A equipe de ortopedia responsável pelo caso acredita que a jovem não terá sequelas.

A estudante Adriene Cyrilo, que foi atingida por um tiro dentro do carro do jogador Adriano, passa por uma cirurgia de reconstrução da mão esquerda, na manhã desta terça-feira (27). Ela está internada no Hospital Barra D"or, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. A jovem foi atingida na mão na madrugada de sábado (24), depois de deixar uma boate na Barra acompanhada de outras três mulheres, do jogador e um amigo.

Segundo o hospital, a previsão é que a cirurgia termine no início desta tarde. A equipe de ortopedia responsável pelo caso acredita que a jovem não terá sequelas, pois o tiro atingiu apenas o osso, não afetando artérias nem o tendão.

Depoimento

Na segunda-feira (26), o jogador Adriano disse em depoimento à polícia que só pegou a arma que estava no carro apenas ela ter disparado. Adriano depôs durante 1h40 na 16ª DP (Barra da Tijuca).

Segundo Adriano, ele sabia que a arma estava no console do carro, entre o banco do carona e do motorista, um policial militar amigo dele. O jogador afirma que não viu quando a arma foi retirada do local. O jogador disse que ouviu o disparo, se assustou e olhou para o banco de trás do carro, mas não percebeu que alguém estava ferido.

Somente quando Adriene disse que seu dedo estava sangrando, Adriano diz que viu a arma em sua mão. Foi quando, segundo ele, tocou na arma pela primeira vez naquela noite. Adriano diz que então pediou ajuda a um amigo do policial que os seguia em outro carro, para levar Adriene a um hospital. O jogador disse também, no depoimento, que insistiu para que uma amiga a acompanhasse até o hospital.

Adriano contou ainda que pediu à mesma pessoa que levou Adriene ao hospital que apresentasse seu carro (de Adriano) à delegacia para perícia.

Fonte: G1