Jovem de 13 anos que fugiu com o namorado faz contato pela 1º vez

A menina pediu que a mãe não a procurasse e disse que está feliz.

No último dia 23 de julho deste ano, a jovem Caroline Pinho, de 13 anos, fugiu de casa junto com o namorado em Itararé, São Paulo. Depois de um mês sem dar contato, a jovem ligou para a mãe pela primeira vez na tarde desta quinta-feira (25). A mulher que já rodou cidades a procura da filha, ficou agradecida pela filha estar bem. casal teria fugido porque a mãe da garota não aceitava o relacionamento e havia decidido mudar de cidade com a família.

De acordo com Maíra, a ligação durou dez minutos. “Ela me ligou a tarde e disse que foi ser feliz com o namorado porque eu impedi a felicidade dos dois. Pedi para que ela voltasse, porque hoje ela e o rapaz são dois foragidos, porém ela está irredutível e parece estar mais revoltada do que quando fugiu. Disse que não voltará para casa e que nunca vou saber onde os dois estão escondidos”, afirma a mãe.

Segundo Maíra, ela ficou um pouco mais aliviada ao ouvir a voz da filha. Porém, esperava que a ligação fosse para buscá-la. “Eu fico um pouco aliviada, mas também nervosa, porque esperava que ela me ligasse pedindo para ir buscá-la. Ela me contou que leu as reportagens e resolveu ligar para dizer que está bem e que era para eu desistir de procurar. O namorado fez a cabeça da minha filha. Ela está irreconhecível”, lamenta.

A chamada, segundo a mãe, foi feita de um celular com o DDD 015, número da área de cobertura da cidade. “Ela está na região ou aqui mesmo em Itararé. Voltei a ligar, mas só deu caixa postal”, afirma.

Maíra afirma que a ligação não foi gravada, mas o número foi passado para a Polícia Civil. De acordo com o delegado responsável pelo caso, Carlos Moraes Silva, a polícia vai apurar quem é o responsável pelo número do celular e chegar no casal. Conforme Silva, primeiramente é preciso comunicar a empresa de telefonia.

“A empresa passará os dados cadastrais. Mas se tivermos uma ordem judicial conseguiremos também o registro de chamadas. Assim que tivermos os dados poderemos ver o nome do responsável pelo chip desse celular”, explica.

Mãe da jovem procura a filha por várias cidades (Crédito: Reprodução)
Mãe da jovem procura a filha por várias cidades (Crédito: Reprodução)
Menina de 13 anos fugiu com o namorado (Crédito: Reprodução)
Menina de 13 anos fugiu com o namorado (Crédito: Reprodução)
Mãe acusado namorado de ter feito a cabeça da filha (Crédito: Reprodução)
Mãe acusado namorado de ter feito a cabeça da filha (Crédito: Reprodução)
Fonte: Com informações do G1