Jovem de 14 anos mata padastro com tiro de espingarda no Ceará

O adolescente se entregou e confessou o assassinato

Um jovem de 14 anos foi apreendido após ter matado, com um tiro de espingarda, o padrasto Ruberval de Sousa Gomes, de 64, no Ceará. O adolescente teria matado o companheiro da mãe após ter sido acusado de roubo pela vítima. Os dois haviam brigado por conta do sumiço de um pássaro que a vítima criava.

Segundo a polícia, a arma utilizada pelo adolescente foi uma espingarda artesanal que a vítima tinha o costume de usar para caçar. O garoto foi apreendido enquanto estava se banhando às margens de um açude quando foi abordado pelos policiais. Já sabendo do que se tratava, o adolescente se entregou e confessou o assassinato.

O jovem justificou sua ação afirmando que, além de ser acusado de roubo, ele não suportava mais ver a sua mãe sendo agredida pelo padrasto. A mãe do adolescente foi chamada na Delegacia e prestou depoimento sobre o ocorrido. Ela confirmou que os dois se desentenderam por conta do pássaro e confirmou que sofria agressões do então companheiro. A mulher declarou que Ruberval era alcoólatra, costumava chegar em casa embriagado e era bastante violento.



Fonte: Com informações do Diario do Nordeste