Jovem é assassinado a tiros logo após sacar aposentadoria da avó

Criminoso acompanhou as vítimas dentro do banco

William Teixeira, de 24 anos foi assassinado após sacar, com a avó, o dinheiro da aposentadoria da idosa. O latrocínio, roubo seguido de morte, ocorreu em São Paulo.

Um dos dois criminosos seguiram o jovem e a idosa no interior do banco. Câmeras de segurança registraram um dos assaltantes acompanhando as vítimas. As imagens mostram o neto com o cartão no caixa. Enquanto fazia o saque, um dos ladrões, de camisa preta, furou a fila e, para disfarçar, perguntava de caixa em caixa quem trocava uma nota de R$ 50.

O homem parou ao lado das vítimas. A vigilante da agência passou atrás dele e não percebeu nada. O assaltante colocou no ouvido um fone para se comunicar com o outro criminoso que estava do lado de fora.

As vítimas saíram do caixa e pararam para guardar o dinheiro: R$ 4 mil. Eles saíram da agência abraçados e com o bandido logo atrás. O comparsa estava do lado de fora. Para seguir as vítimas que foram embora a pé, os dois se encontraram no meio da avenida.

Teixeira e a avó já estavam na condomínio e os ladrões entraram atrás. Um deles pegou o dinheiro. Segundo a polícia, o rapaz decidiu reagir quando os bandidos já estavam fugindo e chegou a pôr a mão na arma e levou dois tiros. O jovem foi socorrido, mas morreu no hospital. A idosa não foi ferida. A dupla conseguiu fugir.

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do G1