Jovem é encontrada com sinais de estrangulamento e PM investiga

Jovem estava desaparecida havia três dias

A polícia investiga o caso de uma jovem encontrada morta com sinais de estrangulamento nas proximidades do Condomínio Privê, em Ceilândia (DF), nesta segunda-feira (29). No entanto, ainda não há pistas sobre o suspeito de ter matado Talitha Cacau Rocha Passos, de 25 anos. Segundo familiares, o corpo dela estava com sinais de estrangulamento.

Image title


Casada e mãe de dois filhos (um bebê de um ano, e outra criança de cinco), Talitha estava desaparecida desde sexta-feira (26). Ela saiu para trabalhar num shopping em Taguatinga (DF), mas desde então não voltou mais para casa, em Águas Lindas (GO), no Entorno do DF.

Amigos e familiares começaram uma campanha que se estendeu às redes sociais para encontrá-la e registraram ocorrência na 24ª Delegacia da Polícia Civil (Ceilândia).

Segundo parentes, Talitha trabalhou até as 19h30, quando pegou um ônibus para casa. Uma prima dela conta que a garota ligou para o marido, meia hora depois de sair do serviço, avisando que estava a caminho de casa, mas iria desligar o celular para evitar assaltos.

A Polícia Civil do Distrito Federal informa que encontrou o corpo na manhã desta segunda-feira (29), por volta das 9h, e confirmou que a vítima era Talitha. A 24ª DP investiga o caso para tentar identificar e localizar os suspeitos do suposto crime, já que ela estava com sinais de estrangulamento.

Fonte: Com informações do R7