Jovem é estuprada ao deixar a Parada Gay

Os dois suspeitos, de 20 e 29 anos, teriam usado um objeto cortante para intimidar a mulher.

Dois homens foram presos em flagrante nesse domingo (15) suspeitos de estuprar uma mulher de 23 anos, em Betim, região metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com a Polícia Civil, a vítima foi abordada no centro da cidade quando saía da Parada do Orgulho Gay, que movimentou as ruas de Betim nesse fim de semana.

Ainda segundo a polícia, os dois suspeitos, de 20 e 29 anos, teriam usado um objeto cortante para intimidar a mulher. Eles teriam levado a vítima para um matagal, onde abusaram sexualmente dela.

Depois do estupro, a mulher teria fugido e encontrado uma viatura da polícia. Os militares fizeram buscas pela região e prenderam os dois suspeitos em flagrante.

A vítima foi levada ao Hospital Regional de Betim, onde fez exame de corpo de delito. Os suspeitos estão detidos no Centro de Remanejamento de Segurança Prisional (Ceresp) de Betim e podem pegar de seis a dez anos de prisão.

Juiz de Fora

Um adolescente morreu, um homem ficou ferido e 17 pessoas foram detidas em uma briga neste sábado (14), em Juiz de Fora, na Zona da Mata de Minas Gerais. Segundo a Polícia Militar, o assassinato aconteceu durante confronto de gangues rivais, que se encontraram na concentração da Parada do Orgulho Gay de Juiz de Fora, na região central da cidade.

Ainda de acordo com a polícia, outros integrantes das gangues conseguiram se dispersar. A arma do crime teria sido encontrada com uma adolescente, mas um dos jovens apreendidos confessou ser o autor dos disparos que matou o menor. A vítima foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), mas não resistiu. Outro jovem que levou um tiro na perna foi levado ao pronto-socorro da cidade, onde foi medicado e liberado no sábado (14).

Dentre as 17 pessoas detidas durante a briga, dois adolescentes permanecem apreendidos. Um deles, de 16 anos, é acusado de homicídio. O outro adolescente, que atirou no jovem que ficou ferido, tem 17 anos e é acusado de tentativa de homicídio. Os dois estão detidos no Centro Socioeducativo Santa Lúcia, em Juiz de Fora.

Segundo a PM, a Parada do Orgulho Gay de Juiz de Fora reuniu cerca de 70 mil pessoas. A festa nas ruas da cidade durou até a noite de sábado. De acordo com a polícia, as gangues que entraram em confronto não têm nenhuma ligação com grupos homofóbicos.

Fonte: g1, www.g1.com.br