Jovem é morto com um tiro no peito

Ele já havia participado de uma "turma de maconheiro", disse a mãe das vítima

O estudante Luís Alberto de Miranda, 24 anos, que resida na Rua Corrente, 498, na Vila Rosoleta Neves, no bairro Água Mineral, na zona Norte, foi assassinado, madrugada de ontem, com um tiro no peito. O crime aconteceu na Rua Dom Avelar, na mesma vila e teria sido praticado por dois homens, que em seguida fugiram.

Segundo informações da mãe da vítima, Edna Maria de Oliveira, seu filho já havia participado de uma "turma de maconheiro", mas depois tinha se separado dos integrantes da mesma. "Eles jurá meu filho de morte. Não sei mais de nada nem como o mataram", lamenta. "Tomei conhecimento da marte dele hoje (ontem) pela manhã".

Ela se encontrava no Instituto Médico Legal esperando a realização do exame cadavérico para a liberação do corpo. Policiais do 2º Distrito no bairro Primavera, zona Norte, realizam diligências no sentido de localizar e prender os acusados que, segundo a polícia, já foram identificados.

O tenente Gerson Santana, comandante da viatura tática móvel do 9º BPM, disse que o crime foi motivado por uma discussão entre a vítima e o acusado. "Eles estavam nos festejos da Água Mineral, discutiram e a vítima acertou o acusado com uma garrafa", disse o tenente.

Ele explica ainda que Alberto Oliveira, quando foi embora, chegou a ser seguido e alvejado com um tiro no peito direito.

Fonte: Raimundo Gomes, Jornal Meio Norte