Jovem é preso após espancar namorada grávida até a morte

Ele afirmou que foi um acidente de moto: "Eu quero que provem"

Um jovem identificado como Igor Alisson, de 18 anos, foi preso após ser acusado de matar a namorada por espancamento na região de Londrina, no Paraná. A vítima, que estaria grávida de gêmeos, tinha 15 anos e morava com o namorado há um mês.

De acordo com vizinhos, o casal era calmo e não se ouvia discussões ou brigas. A vítima deu entrada no hospital da região sob suspeita de ter sofrido um acidente de moto, mas após exames médicos foi constatado que se tratava de espancamentos. Pouco tempo depois, a jovem não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Ao ser preso, o acusado alegou que a morte da namorada foi provocada por um acidente de moto. “A gente saiu para comemorar a gravidez dela, começou a chover e eu fiz uma manobra pra voltar então ela caiu da moto. Eu acabei perdendo o controle e passei várias vezes por cima do corpo dela. Eu quero que provem, na hora que minha mulher acordar a gente vai rir na cara de vocês e sumir no mundo”, disse ele bastante exaltado.

Segundo testemunhas, o jovem pediu que ligassem apenas para atendimento médico e não para os policiais no momento de socorro da namorada. Em investigação, a delegacia averiguou que a vítima já tinha registrado duas ocorrências contra o suspeito por agressão. Allisson também tem passagem por tráfico de drogas.

Image title

Image title


Fonte: Com informações do R7