Jovem é preso após matar deficiente físico que o xingou de ladrão

Acusado disse que a vítima falava mal dele na região

Um jovem de 21 anos foi preso suspeito de matar um deficiente no bairro de Campinas de Brotas, em Salvador. Adriel Bispo Guedes, de 21 anos, confessou o crime, que aconteceu em 17 de abril, e alegou que a vítima, Luis Carlos Ferreira Silva, falava mal dele.

A polícia afirmou que o jovem disse que a vítima falava dele na região, dizendo que era ladrão. Mas, segundo a delegada Maria Dail Sá Barreto, titular da 6ª DT (Delegacia Territorial) Brotas, “realmente ele era [ladrão]”.

A vítima era deficiência e bebia muito. No dia do crime, a vítima, o agressor e seu comparsa, identificado como Alisson, estavam bebendo.

Adriel, preso no mês passado por assalto a ônibus, estava com a prisão temporária decretada e foi encaminhado ao DHPP (Departamento de Homicídio e de Proteção à Pessoa). Ele afirmou que tinha parado de roubar, mas não soube explicar como sobrevive.

Ainda segundo a polícia, ele e outros homens aparecem em um vídeo, festejando com diversas armas em uma mesa. A polícia busca identificar o local onde as imagens foram feitas.

Image title

Fonte: Com informações do R7