Jovem é preso após perseguir vizinha durante sete anos na Bahia

O homem já chegou a invadir a casa dela e agarrá-la à força

Denisvaldo Michel Santana de 21 anos foi preso suspeito de perseguir a vizinha no município de Camaçari, na região metropolitana de Salvador. Bianca Carvalho, também de 21 anos, que era seguida quando ia para escola, para o trabalho e já teve a casa invadida pelo suspeito. O comportamento do homem assusta a vítima e ela tem medo do que pode acontecer.

Bianca relata que os dois sempre foram vizinhos, mas não havia amizade entre eles. A jovem começou a desconfiar do comportamento de Michel no dia do aniversário de 15 anos dela. Ele apareceu com um presente e dizendo que a amava.

"Ele apareceu na minha festa sem ser convidado, mas até ai tudo bem, pensei que algum amigo tinha levado. Ele me deu um presente, que eu não aceitei, porque eu nunca tive nada com ele, fique até assustada porque eu nem amiga dele eu era".

Denisvaldo Michel Santana (Crédito: Reprodução)
Denisvaldo Michel Santana (Crédito: Reprodução)


Durante sete anos Bianca vive com medo. A obsessão de Michel era tão grande que  ele chegou a invadir a casa de Bianca e agarra-lá a força. Conhecendo a rotina da jovem, o suspeito  sempre aparecia quando estavam só a vítima e a avó. 

A jovem mora com os avós, trabalha durante o dia e estuda a noite. A família dela tentou conversar com a de Michel, já que Bianca não aguentava mais a perseguição, mas não houve resultado e o jeito foi procurar a polícia. 

Michel reconhece que perseguia a jovem e não mostra arrependimento dos atos. 

Bianca Carvalho (Crédito: Reprodução)
Bianca Carvalho (Crédito: Reprodução)


"A gente é amigo. Eu que estava indo atrás dela, na casa dela. Eu estava em uma obsessão, um amor. Estaria arrependido se não tivesse tentado, mas a pessoa que tenta aquilo que quer não pode se arrepender".

Na primeira audiência no Fórum de Camaçari, a juíza determinou que Michel não poderia chegar próximo a Bianca. Ele assinou o termo circunstancial,  no entanto, assim que a audiência acabou, o homem se levantou e agarrou a vítima à força, na frente de todos, inclusive da juíza, que foi obrigada a pedir ajuda dos policiais e Michel foi preso novamente.

" Fui mostrar para ela que eu não tinha medo da juíza, fui mostrar para ela que eu tinha coragem, que o amor é mais do que tudo".

O que era para ser uma medida protetiva virou uma prisão em flagrante. Michel agora foi autuado por tentativa de estupro.

Fonte: Com informações do R7