Menor, usuário de drogas, é suspeito matar a mãe com fio de sanduicheira

O delegado acredita que o rapaz deverá ser localizado nas próximas horas e preso

O filho da dona de casa Clarice Mantovani, 59 anos, é o principal suspeito de ter matada a própria mãe com o fio de uma sanduicheira na madrugada de terça-feira em Bauru, interior de São Paulo. O crime foi descoberto no início da tarde depois que familiares e colegas de trabalho da vítima estiveram na casa em busca de notícias dela, já que não havia comparecido ao trabalho.

De acordo com o delegado Clédson Nascimento, vizinhos relataram que o filho da vítima esteve na casa por volta da 1h de terça-feira. ?Eles contaram que ouviram uma discussão entre a mãe e o filho e, depois de um tempo, o carro da vítima sendo retirado da garagem?, contou o delegado. Como ela saía para trabalhar logo cedo, os vizinhos não desconfiaram da ausência da mulher na casa.

O filho é usuário de drogas e já tem passagens por roubos. ?O corpo da dona de casa estava no banheiro com o fio do eletrodoméstico enrolado no pescoço e no quarto da vítima bolsa e guarda roupa estavam revirados?, relatou o delegado.

Além do filho acusado do crime, Clarice era mãe de outra menina que estava inconsolável ao lado corpo da mãe. Os vizinhos disseram que a mulher era muito querida no bairro.

O delegado contou que o carro da vítima foi encontrado no próprio bairro próximo a um ponto de venda de drogas. Clédson Nascimento relatou que ouviu pessoas que vivem próximo do ponto de tráfico e que relataram que o rapaz esteve no local por volta das 3h e que trocou celular e outros eletrodomésticos por drogas.

?Ele tentou até mesmo deixar o carro para ter drogas?, afirmou o delegado. A polícia levantou que o suspeito esteve no ponto de tráfico até por volta das 12h. Ele está foragido. O delegado acredita que o rapaz deverá ser localizado nas próximas horas e preso. ?Vamos ouvi-lo e, se nossas suspeitas se confirmarem, ele será acusado por latrocínio, que é roubo seguido de morte.?

Fonte: Terra