Jovem grávida é assassinada pelo namorado com golpes de cassetete em Fortaleza

O corpo da garota foi encontrado, no começo da manhã de domingo, pelos vizinhos

Um crime brutal revoltou os moradores da terceira etapa do Conjunto Cear? (Zona Sul da Capital), neste fim de semana. Uma jovem de apenas 23 anos, no segundo m?s de gravidez, foi assassinada a golpes de tonfa (esp?cie de cassetete) pelo namorado, o guarda municipal identificado como S?vio Torres.

O corpo da garota foi encontrado, no come?o da manh? de domingo, pelos vizinhos. O guarda est? foragido. Policiais de plant?o no 12? DP (Conjunto Cear?), fizeram dilig?ncias durante todo o dia, mas n?o conseguiram localizar o acusado. Supostamente, ele teria fugido para sua cidade natal, Ipu (a 294Km de Fortaleza).

O corpo da jovem Suelen Costa Rebou?as chegou ao necrot?rio do Instituto M?dico Legal (IML), da Capital, por volta das 14 horas. Segundo os peritos, a jovem foi atingida com muitas pauladas na cabe?a e face. Familiares dela disseram que, antes de fugir, o guarda municipal tratou de esconder todos os documentos dela dentro da resid?ncia, o que dificultou para a fam?lia a libera??o do corpo no IML.

Policiais do Ronda do Quarteir?o tamb?m foram mobilizados para a ocorr?ncia. Uma prima de Suelen (identidade preservada) contou que o casal havia se conhecido em fevereiro e, h? poucos meses, passou a morar junto.

Outro caso

Mais uma mulher foi morta, na Regi?o do Cariri, com requintes de perversidade e na presen?a de uma filha menor do casal. O crime aconteceu na noite de s?bado (15) na localidade denominada Lagoa do Machado, zona rural do Munic?pio de Aurora (a 463 Km de Fortaleza). Lucineide Gon?alves da Silva, 29, foi morta com um golpe de faca ? altura da virilha, na presen?a de uma filha do casal, de apenas 11 anos.

O autor da facada foi o esposo da v?tima, o agricultor Wanderley Matias da Silva, 28, natural de Cajazeiras (PB). O casal possui ainda outra filha, de sete anos. Segundo a Pol?cia, o acusado est? foragido. Antes de matar a esposa, Wanderley havia discutido com outro homem perto de sua casa.

Fonte: Diário do Nordeste