Jovem mata os pais e come corpos; meia-irmã era amante e ajudou

Advogada do acusado disse que ele sentiu 'alivio' após o crime.

Um jovem identificado como Leandro Yamil Acosta, de 25 anos, confessou ter matado a própria mãe  e o padrasto, na cidade de Pilar, na Argentina. Quanto ao motivo do crime, disse para à polícia que sofria abusos praticados pelos dois. 

Para cometer o duplo homicídio, ele  contou com a ajuda de sua meia-irmã, Karen Klein, 22, que segundo a polícia, mantinha um envolvimento amoroso com o acusado. Mónica Chirivin, advogada do jovem, afirmou que ele matou e comeu os corpos.

"Ele [Leandro] me contou que praticou canibalismo, comeu partes dos corpos. Disse que foram tranquilos os assassinatos, que foram quase orgásmicos para ele", informou durante entrevista. 

De acordo com Mónica, Leandro sofria de problemas mentais e sentiu um 'alivio' após cometer o crime: "Foi um alívio para Leandro praticar esse ato de vingança".

A polícia investiga o caso e suspeita que eles também tenham jogado os restos que sobraram em sacos de lixo. Na residência, onde a família morava, policiais encontram partes do corpo de uma das vítimas.

Image title



Fonte: Com informações do IG