Ex-presidiário morre após ser atingido com tiro no pescoço por seu comparsa

Ex-presidiário morre após ser atingido com tiro no pescoço por seu comparsa

O autor do disparo foi o seu comparsa de nome

Após várias passagens pelo 20º Distrito Policial da cidade de União, o jovem "Baratinha" de 18 anos faleceu na manhã desta quarta-feira(23) no Hospital de Urgência de Teresina - HUT.

Ele foi vítima de um tiro no pescoço no Sábado, dia 19, na Vila Nova Conquista em União. O autor do disparo foi o seu comparsa de nome "Índio" (foto), que ainda está foragido e não foi localizado, segundo informou um funcionário da Delegacia de União.

O velório de Baratinha acontece em sua residência no bairro Loteamento Pierote, localizado às margens da rodovia PI-112 em direção à cidade de Miguel Alves. " Sentimos muito por ser de nossa família, mas a minha tia estava sofrendo muito", disse um primo da vítima que pediu para não ser identificado. Baratinha era bastante conhecido no município por ter cometido vários delitos como roubos, assaltos, arrombamentos na zona urbana e zona rural e era envolvido com drogas.

FOTO: ÍNDIO, ACUSADO DE MATAR BARATINHA



Fonte: Marcos Moraes