Jovem morre em casa ao tentar defender a mãe de estuprador

Jovem morre em casa ao tentar defender a mãe de estuprador

Mulher e o filho de 16 anos foram rendidos por um homem em casa.

Um adolescente de 16 anos foi morto na quarta-feira (7) ao tentar defender a mãe, de 37 anos, de um assaltante e estuprador, em Luziânia, na região leste de Goiás, no entorno do Distrito Federal. O corpo da vítima deve ser sepultado nesta sexta-feira (9), em Iaciara, no leste goiano.

A mãe do jovem morto, que trabalha como diarista, contou no depoimento que o criminoso invadiu a casa, pediu dinheiro e a violentou. Ela pede justiça: ?Eu confio na polícia. Eu sei que eles vão pegar esse bandido, colocá-lo na cadeia para que ele pague pelo que ele fez com o meu filho?.

O assaltante permaneceu na casa durante duas horas. O adolescente e a mãe foram rendidos. O jovem conseguiu se soltar, reagiu, mas foi atingido por três tiros. O suspeito fugiu em seguida, pulando o muro. Durante a tarde de quinta-feira (8), a Polícia Civil recolheu objetos no local do crime para fazer a perícia. O caso será investigado pela delegacia da Mulher de Luziânia, juntamente com o Centro Integrado de Operações e Segurança.

?Nós estamos com algumas suspeitas, em virtude dos graves crimes tanto estupro, quanto o latrocínio. Temos mais ou menos a descrição do suspeito e estamos procurando por ele?, declarou o delegado Cléber Martins.

Marcado por muita dor e revolta, o velório do adolescente foi realizado na cidade onde os crimes aconteceram. Amigos e parentes estavam inconformados com a brutalidade do crime. ?Nós esperamos justiça, pois não dá para ficar desse jeito. Morre uma pessoa inocente todos os dias?, afirma o empacotador e amigo da vítima Maycon Lopes da Silva.

Fonte: G1