Jovem presa tentando fazer visita íntima a dois detentos

Mulher falsificou documentos para visitar os detentos

Uma jovem de 22 anos foi detida após tentar “enganar” agentes carcerários lotados cadeia pública de Cornélio Procópio, no Paraná, para manter relações sexuais com dois detentos. A informação foi confirmada nesta quarta-feira (26).  

De acordo com a Polícia Militar, a jovem tentava fazer uma visita intima a um dos presos com documentos de união estável falsificados. Os agentes apuraram que a mesma mulher, usando um outro documento de união estável, pediu para fazer uma visita a outro detento.

A jovem tentava manter relacionamento íntimo com os dois detentos e, para isso, falsificou os documentos e registrou em cartório. Ela acabou presa por falsidade ideológica.

Cadeia Pública de Cornélio Procópio, no Paraná (Crédito: Reprodução)
Cadeia Pública de Cornélio Procópio, no Paraná (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Uol