Jovem que agride menor em vídeo é acusada de comandar prostituição

No vídeo o adolescente é golpeado com um tapa no rosto.

O Conselho Tutelar de Picos, a 310 quilômetros de Teresina, informou, na sexta-feira (13/11), que  a jovem Fabiana Silva, de apenas 19 anos, que ameaçou um adolescente de morte com uma faca, no último dia (11), está sendo acusada de comandar prostituição infantil na cidade.

O titular da promotoria da Infância e da Juventude de Picos, promotor Leonardo Rodrigues, informou que a jovem responderá por lesão corporal, por ter golpeado o menor com um tapa no rosto. Além disso, será  investigado se houve pornografia infantil, já que nas imagens ela aparece rasgando as roupas do adolescente. 

O conselheiro tutelar Josimar Lima afirmou que a acusada ganha dinheiro com a exploração de menores na cidade. "Ela consegue faturar dinheiro com a exploração sexual ao procurar meninas de boa aparência", disse conselheiro tutelar. 

Image title

Entenda o caso

Um vídeo de três minutos divulgado no aplicativo WhatsApp mostra um adolescente de 16 anos, da cidade de Picos, sendo ameaçado de morte com uma faca. A agressão é feita por uma jovem que o acusa de espalhar boatos sobre os dois. Acuado, ele tem as roupas rasgadas com a arma e é golpeado com um tapa no rosto.

A agressora se identifica como Fabiana Silva. No vídeo, ela obriga o adolescente a admitir que não houve nenhum tipo de relação entre eles e chega a colocar a faca na boca do garoto dizendo que vai lhe arrancar um dente. “Vou me formar em dentista, sabia? Vou ser uma ótima dentista”, diz ela, com a faca na boca da vítima.

As cenas são filmadas por outra jovem, já identificada pela polícia, também menor de idade, que acusa a vítima de ter falado mal da agressora.


Fonte: Portal Meio Norte