Jovem que comeu brigadeiro envenenado está em coma em Curitiba

Policia tenta localizar o taxistas que levou os doces até a casa da vítima.

A adolescente de 14 anos que recebeu uma caixa de chocolates envenenados na segunda-feira (12) está em coma no Hospital de Clínicas (HC), em Curitiba. Após consumir os brigadeiros, a jovem sofreu uma parada cardíaca.

O hospital confirmou que a intoxicação foi causada por veneno de rato. Entretanto, os doces ainda vão passar por exames no Instituto de Criminalísticas do Paraná.

?Ela está estável por enquanto, mas ainda não se sabe o que vai acontecer para frente, devido a parada cardíaca... Quais as sequelas que isso pode ter causado?, explicou a diretora do setor de Assistência Social do HC, Mariângela Pedrozo.

Outros três jovens, que são amigos da adolescente, também consumiram os doces. Dois estão internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do HC e respiram com a ajuda de aparelhos. O terceiro estava em um Posto de Saúde e recebeu alta na manhã desta terça-feira (13).

Seis pessoas, entre parentes e amigos, já prestaram depoimento na Delegacia de Homicídios. E a partir de agora, a polícia trabalha para encontrar o taxista que entregou os bombons na casa da jovem. ?Eu aproveito e peço a este taxista que deixou os doces lá que procure em caráter urgente a delegacia de homicídio?, orientou o delegado Rubens Recalcatti.

A adolescente é filha de um policial militar e recebeu a caixa com dez chocolates em casa. Com a entrega havia um bilhete que dizia que os bombons eram uma amostra e poderiam ser encomendados para a festa de 15 anos da jovem marcada para abril deste ano. No bilhete recado estava escrito o número de um telefone que não correspondia a nenhuma confeitaria.

O pai da jovem, Edilson Teniski tem apenas um deseja. ?O quero ela na festa de 15 anos?.

Fonte: G1