Jovem rico é preso acusado de roubar vizinhos para fazer festas

Com o grupo, foram encontrados joias, relógios, roupas de grife, artigos eletrônicos, peças de arte e grande quantidade de garrafas de bebidas

Filho de empresários, morador de um condomínio de luxo na orla de Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador, José Rafael Bahia Forte, de 20 anos, foi preso pela polícia baiana junto com três amigos, todos de entre 19 e 22 anos, acusado de planejar e facilitar pelo menos sete furtos e roubos a residências vizinhas nos últimos dois anos.

Com o grupo, foram encontrados joias, relógios, roupas de grife, artigos eletrônicos, peças de arte e grande quantidade de garrafas de bebidas destiladas. Os quatro também são acusados de roubo de carros - que eram usados, posteriormente, para realizar os assaltos.

Os jovens admitem participação em alguns dos crimes e alegam que buscavam aventuras - além de obter dinheiro, com a venda dos materiais, para promover grandes festas.

Segundo o delegado Cláudio Meirelles, titular da 34ª Delegacia, Forte levantava informações sobre os vizinhos e sobre as falhas nos sistemas de segurança nas casas e no Condomínio Encontro das Águas, onde as propriedades, de até 4 mil metros quadrados, custam entre R$ 1 milhão e R$ 10 milhões. Ele, então, passava os dados aos amigos, que faziam os roubos. Por vezes, moradores eram mantidos reféns.

Segundo o delegado, o grupo usava revólveres e pistolas nas ações, mas as armas não foram localizadas. Os acusados cumprem prisão temporária de cinco dias - podendo ser estendida por mais cinco -, determinada pela Justiça, mas o delegado informou que vai pedir a prisão preventiva dos acusados.

Fonte: G1