Jovem simula sequestro para extorquir dinheiro do pai

Os suspeitos exigiram de um comerciante uma quantia pelo resgate do filho

Um sequestro mal planejado e que tinha por objetivo extorquir dinheiro do pai da suposta vítima terminou em cadeia para três jovens de Mantenópolis (ES), nesta quinta-feira (21). Achando que se dariam bem na história, os suspeitos exigiram de um comerciante uma quantia pelo resgate do filho, de 16 anos.

A trama, segundo o delegado titular da cidade, Adriano Scárdua, começou como a brincadeira envolvendo um casal de namorados, de 20 e 19 anos. Durante uma conversa, a moça comentou com o companheiro sobre a hipótese de ser sequestrada.

Segundo a polícia, o rapaz levou a ideia a sério e teria dito que a melhor vítima para o falso sequestro seria o irmão adotivo dela. Ele foi informado sobre o plano e concordou em ajudar o casal a colocá-lo em prática.

Na segunda-feira (18), a menina pagou para um amigo para levar o irmão dela de Mantenópolis para outra cidade. Já na terça-feira (19), o adolescente deixou a residência e se hospedou em uma pousada na região.

Uma pessoa ligou para o comerciante dizendo que havia sequestrado o filho adotivo dele e exigiu o resgate. O pai acionou a Polícia Civil e o suposto sequestro foi desvendado no mesmo dia, já que um dos jovens relatou que tudo não passava de uma farsa.

O trio foi autuado por extorsão. Durante interrogatório, o casal de criminosos disse que usaria o dinheiro do resgate para comprar uma casa e viver juntos em Vitória.

Fonte: g1, www.g1.com.br