Jovem surta e quebra hospital ao saber que médico dormia há 3 horas

Uma mulher também foi detida por cuspir no rosto de enfermeira.

Um jovem foi preso depois de agredir funcionários e quebrar um posto de saúde em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte. O ataque de fúria ocorreu depois que o rapaz descobriu que o médico que deveria atender os pacientes estava dormindo..

Emanuel Valdivino Lima só se acalmou depois de ser algemado por guardas municipais. Ele estava na portaria da UAI (Unidade de Atendimento Imediato) Sete de Setembro acompanhando uma tia que aguardava atendimento. Depois de três horas de espera, ele foi à recepção e questionou uma funcionária.

Ao ser informado que o médico estava dormindo, o rapaz ficou revoltado. Ele invadiu a área de atendimento, quebrou os vidros e agrediu um guarda patrimonial, que sofreu ferimentos no rosto.

Um técnico de enfermagem que ouviu a confusão abordou Lima, mas também foi agredido. Preso, o jovem disse que a história foi diferente. “Uma enfermeira veio me agredir com a cadeira. Eu fui me defender. Não fiz nenhum tipo de vandalismo”, declarou.

Com a confusão encerrada, funcionários suspenderam o serviço, causando a revolta de outros usuários. Uma mulher que aguardava com a filha também foi detida. Ela fez ameaças e chegou a cuspir em uma enfermeira.

Image title

Image title

Image title


Fonte: Com informações do R7