Jovem tirou selfie com os corpos após matar família na Espanha

Um segundo suspeito foi preso por envolvimento no caso.

Nesta sexta-feira (28), a Polícia Civil realizou uma entrevista coletiva para falar sobre o caso da família morta na Espanha e resultado de mais investigações. Segundo a polícia, após matar e esquartejar os tios e primos, François Patrick Gouveia tirou selfies com os corpos e mandou para um amigo em João Pessoa.

O estudante de 18 anos identificado como Marvim Henriques Correia, foi preso ainda nesta sexta-feira acusado de envolvimento no crime.

O delegado-geral da Polícia Civil da Paraíba, Marcos Paulo Vilela, declarou que os suspeitos conversavam o tempo todo por meio do WhatsApp. Após realizar o crime, Patrick mandou fotos dos corpos esquartejados para confirmar que tinha matado a família.

"Os dois mantinham a conversa pelo Whatsapp sobre a execucação do crime e o Patrick mandou as fotos dos corpos e até 'selfies' com os corpos das vítimas para o Marvin", relatou o delegado. Patrick se entregou voluntariamente à polícia espanhola no dia 19 de outubro e confessou o crime dois dias depois. Ele segue detido.

Família foi morta na Espanha (Crédito: Reprodução )
Família foi morta na Espanha (Crédito: Reprodução )
Jovem assumiu autoria do crime (Crédito: Reprodução )
Jovem assumiu autoria do crime (Crédito: Reprodução )
Segundo suspeito foi preso por envolvimento (Crédito: Reprodução )
Segundo suspeito foi preso por envolvimento (Crédito: Reprodução )
Segundo suspeito foi preso por envolvimento (Crédito: Reprodução )
Segundo suspeito foi preso por envolvimento (Crédito: Reprodução )
Fonte: Com informações do G1