Juiz nega pedido de transferência do ex goleiro Bruno para Montes Claros

O motivo, segundo o magistrado, seria que a cadeia está superlotada.


Juiz nega pedido de transferência do ex goleiro Bruno para Montes Claros

O juiz da Vara de Execuções Penais de Montes Claros, Francisco Lacerda de Figueiredo, negou, na noite desta sexta-feira, o pedido de transferência do ex-goleiro Bruno Fernandes para a cidade. O motivo, segundo o magistrado, seria que a cadeia está superlotada.

O advogado do presidiário, Francisco Simim, afirmou que só foi informado sobre a resposta negativa do juiz pela imprensa, mas adiantou que assim que receber informação oficial vai continuar tentando efetivar a transferência.

? Já provamos que ele tem direito ao trabalho, e agora buscaremos resolver a questão de forma administrativa. Vamos entrar em contato com a Secretaria de Estado de Defesa Social, porque todos os presídios estão superlotados.

A mudança do ex-jogador é uma tentativa dos advogados do condenado de tirá-lo da vigilância de segurança máxima da Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na Grande BH - cadeia onde ele cumpre pena de 22 anos e três meses de prisão pela morte da modelo Eliza Samudio. O objetivo é que Bruno possa jogar no Montes Claros Futebol Clube, time da segunda divisão estadual em Minas com qual assinou um contrato de cinco anos.

Fonte: r7