Juíza deve ouvir Bola e Fernanda nesta sexta em Contagem

Juíza deve ouvir Bola e Fernanda nesta sexta em Contagem

Marcos Aparecido dos Santos foi o primeiro réu a chegar ao fórum.

Marcos Aparecido dos Santos, o Bola, foi o primeiro réu do caso Eliza Samudio a chegar ao Fórum de Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, nesta sexta-feira (12). De acordo com a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), Marcos Aparecido e Fernanda Gomes de Castro serão ouvidos nesta sexta-feira pela Juíza Marixa Fabiane Lopes Rodrigues.

Bola será o primeiro réu a falar na sessão. A juíza concedeu 30 minutos para uma conversa entre ele e os advogados de defesa. Logo após este tempo, foi feita a leitura da denúncia. Fernanda também já está no Fórum de Contagem.

Nas oitivas desta quinta-feira, Bruno foi ouvido durante todo o dia. A audiência foi suspensa sem o depoimento de Luiz Ferreira Romão, o Macarrão. Ele chegou a entrar no plenário e ouviu a leitura que a juíza fez do depoimento que ele prestou à Polícia Civil. No fim da leitura, a magistrada perguntou se Macarrão tinha alguma observação a fazer. Ele respondeu que não. Neste momento, um dos advogados da defesa interveio e disse à magistrada que Macarrão não iria responder às perguntas dela.

Houve, então, um desentendimento entre a juíza e a defesa. A magistrada alegou que os advogados estavam atrapalhando os trabalhos e perguntou novamente se Macarrão queria falar. Diante da resposta negativa, a juíza encerrou a sessão.

Ainda no fórum, outro advogado disse à imprensa que Macarrão não respondeu às perguntas da magistrada seguindo orientação da defesa e que essa seria uma estratégia para suspender a sessão. O conteúdo da entrevista chegou ao conhecimento da juíza que decidiu apurar os fatos.



Entenda o caso

O goleiro Bruno é réu no processo que investiga a morte de Eliza Samudio. A Justiça de Minas Gerais aceitou a denúncia do Ministério Público contra Bruno e outros oito envolvidos no desaparecimento e morte de Eliza. Fernanda Gomes de Castro, namorada de Bruno, foi presa em Minas Gerais.

O goleiro; Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão; Sérgio Rosa Sales; Dayanne Souza; Elenilson Vítor da Silva; Flávio Caetano; Wemerson Marques; e Fernanda Gomes de Castro respondem na Justiça por homicídio triplamente qualificado, sequestro e cárcere privado, ocultação de cadáver e corrupção de menor. Marcos Aparecido dos Santos é o único que responderá por dois crimes. Ele foi denunciado por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver. Todos os acusados negam o crime. As penas podem ultrapassar 30 anos.

A pedido do Ministério Público, a Justiça decretou a prisão preventiva de todos os acusados.

Com essa medida, eles devem permanecer na cadeia até o fim do julgamento. Em 2009, Eliza teve um relacionamento com o goleiro Bruno, engravidou e afirmou que o pai de seu filho é o atleta. O bebê nasceu no início de 2010 e, agora, está com a mãe da jovem, em Mato Grosso do Sul.

Fonte: g1, www.g1.com.br