Júri absolve Marcola e Macarrão por morte de detentos

Eles foram levados a júri sob acusação de serem os responsáveis pela morte de dois presos no Centro de Detenção Provisória em SP.

O Tribunal do Júri de São Paulo absolveu Marco Willians Herbas Camacho, conhecido como Marcola, e Orlando Mota Junior, o Macarrão, da acusação de terem participado do homicídio de dois detentos em 2001. O julgamento aconteceu na tarde desta terça-feira (7) no Fórum da Barra Funda, zona oeste de São Paulo.


Júri absolve Marcola e Macarrão por morte de detentos

Eles foram levados a júri sob acusação de serem os responsáveis pela morte de dois presos no Centro de Detenção Provisória 2 - Belém, em São Paulo.

Tanto a defesa como a Promotoria concordaram que não havia provas suficientes da participação de Marcola e Macarrão nos crimes, tese que foi aceita pelo Conselho de Sentença.

Marcola e Macarrão são apontados como líderes do PCC (Primeiro Comando da Capital), responsáveis pelos ataques que a facção promoveu contra as forças de segurança de São Paulo em maio 2011 e que deixou 172 mortos.

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br