Justiça absolve irmãos empresários no Ceará

São acusados de terem vendido 11 veículos à quadrilha do Banco Central por R$ 980 mil

A Segunda Turma do Tribunal Regional Federal da Quinta Regi?o (TRF), em Recife (PE), absolveu, ontem, os irm?os Jos? Elizomarte, o ?Nen?m?; e Francisco Dermival Fernandes Vieira, da acusa??o de ?lavagem? de dinheiro. Ambos haviam sido condenados, em junho do ano passado, a uma pena de tr?s anos de pris?o por suposto envolvimento no furto de R$ 164,7 milh?es do Banco Central, em Fortaleza. O crime ocorreu em agosto de 2005.

Os dois empres?rios, donos da revendedora de ve?culos ?Brilhe Car?, foram indiciados no inqu?rito instaurado pela Pol?cia Federal por terem vendido, ? quadrilha que atacou o BC, 11 ve?culos, ao custo de R$ 980 mil. O dinheiro foi entregue pelos acusados ? PF. Mesmo assim, eles tiveram pris?o preventiva decretada. Posteriormente, foram soltos.

A senten?a contra os dois empres?rios cearenses havia sido proferida em junho do ano passado. A pena de tr?s anos de reclus?o foi transformada em presta??o de servi?os ? sociedade. Mesmo assim, os advogados de defesa dos r?us, Paulo C?sar Feitosa e Ant?nio Azevedo Vieira Filho, entraram com recurso de apela??o junto ao TRF, a segunda inst?ncia da Justi?a Federal.

Fonte: Diário do Nordeste, www.diariodonordeste.com.br