Condenado homem que estuprou e engravidou menor

Condenado homem que estuprou e engravidou menor

A mãe da vítima sabia do crime, mas, por medo, não denunciava

O juiz José Olindo Gil Barbosa, do Juizado de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher, de Teresina, condenou Raimundo Nonato dos Santos, 40, a 12 anos de prisão em regime fechado. Ele foi denunciado sob a acusação de estuprar e engravidar a própria enteada de apenas 11 anos.

O crime aconteceu na localidade Sumaré, zona rural de Teresina e teve ampla repercussão há três anos. A menor era abusada desde os dez anos, conforme aponta o inquérito. Informações apontam também que os momentos de abuso aconteciam quando o padrasto chegava alcoolizado em casa.

A vítima informou que o acusado oferecia brinquedos em troca de relações sexuais. O inquérito aponta que a mãe sabia de tudo, mas, por medo, não denunciava.

A denúncia foi feita pelas irmãs do acusado. ?A menina não reclamava de nada?, diz o acusado no inquérito.

Segundo o juiz a medida assume um aspecto pedagógico para que outros não cometam crimes do gênero. ?Nós estamos atentos! Havendo a denúncia do Ministério Público, nós analisaremos e faremos todo o processo judicial e, se no fim, ficar provada a culpabilidade do crime, a pessoa será também condenada como este homem foi?, lembra o juiz.

Fonte: Denison Duarte