Justiça determina prisão do pai de Eliza Samudio no Paraná

Justiça determina prisão do pai de Eliza Samudio no Paraná

Luiz Carlos Samudio é suspeito de atentado violento contra a irmã de Eliza.

A Justiça determinou na tarde desta quinta-feira (12), a prisão do pai de Eliza Samudio, Luiz Carlos Samudio, em Foz do Iguaçu, no Oeste do Paraná. O mandado foi assinado pela juíza substituta da 1º Vara Criminal da cidade, Luciana Assad Luppi Ballalai, depois que um pedido de recurso ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) foi negado.

Em 2005, o pai de Eliza foi condenado a oito anos de prisão, em regime fechado por atentado violento ao pudor contra uma menina de 10 anos, que supostamente seria a filha dele. O crime teria acontecido em 2003.

O advogado de Luiz Carlos, Sérgio Barros, recorreu à sentença várias vezes e Luiz Carlos, aguardava a decisão em liberdade. Em entrevista, Barros disse que no dia 16 de julho de 2010, a filha mais nova de Luiz Carlos, irmã por parte de pai de Eliza Samudio, fez uma declaração inocentando o pai. A declaração não foi acatada pelos juízes e a decisão foi mantida. Mesmo assim, o advogado de defesa informou que já entrou com um novo recurso no STJ.

O mandado de prisão pode ser cumprido a qualquer momento.

Caso Eliza Samudio

Eliza Samudio desapareceu em junho de 2010, em Minas Gerais. Há suspeitas de que o ex-goleiro do Flamengo, Bruno Fernandes de Souza, estaria envolvido na morte não comprovada da ex-namorada, que tentava provar na Justiça que ele era pai de seu filho.

Fonte: G1