Justiça impõe que jovens limpem fachada de prédio pichado por elas

As três adolescentes foram apreendidas pela Guarda Municipal.

No último dia 3 de dezembro deste ano, três adolescentes, sendo duas de 17 e uma de 16 anos, foram detidas pela Guarda Municipal da cidade de Cocal por cometer atos de depredação ao patrimônio público. O caso aconteceu na avenida Joaquim Vieira de Brito, precisamente no Centro comercial da cidade onde as três usavam uma tinta spray para pichar um prédio.

Após a apreensão, as três menores aceitaram a sugestão proposta pelo representante do Ministério Público, dr. Francisco Túlio Carlini Mentes, durante uma audiência de apresentação realizada no Fórum de Cocal. A sugestão era para que elas limpassem e pintassem o espaço pichado.

As despesas com lixa, tinta, pincel, rolo e a diária do fiscal da obra foram custeadas pelos pais das próprias adolescentes.

Adolescente passando tinta no muro pichado (Crédito: Reprodução)
Adolescente passando tinta no muro pichado (Crédito: Reprodução)
Adolescente passando tinta no muro pichado (Crédito: Reprodução)
Adolescente passando tinta no muro pichado (Crédito: Reprodução)
Multa foi aplicada durante audiência (Crédito: Reprodução)
Multa foi aplicada durante audiência (Crédito: Reprodução)
Dia em que as adolescentes foram apreendidas (Crédito: Reprodução)
Dia em que as adolescentes foram apreendidas (Crédito: Reprodução)
Frase escrita pelas meninas (Crédito: Reprodução)
Frase escrita pelas meninas (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Blog do Coveiro