Justiça nega habeas corpus para pai de ex-BBB Ana Carolina

Os advogados do empresário ainda tentarão revogar a prisão recorrendo ao STJ

A Justiça de Santa Catarina negou um pedido de habeas corpus nesta segunda-feira ao empresário José Laércio Madeira, pai da ex-BBB Ana Carolina, participante da nona edição do programa. Ele foi preso na última sexta-feira com outras 16 pessoas suspeito de integrar um esquema de exploração de máquinas caça-níqueis do Estado.

Madeira continua detido num presídio da cidade de Tijucas, no litoral norte catarinense. Outros 11 policiais militares presos na operação permanecem em um batalhão da Polícia Militar (PM).

Na decisão, o juiz Paulo Roberto Sartorato, do Tribunal de Justiça do Estado, indeferiu o pedido de habeas corpus argumentando a manutenção da "ordem pública e conveniência da instrução criminal". Ele reiterou que a prisão de José Laércio ocorreu após "extensa investigação no qual duas organizações criminosas acabaram identificadas".

Os advogados do empresário, que nega envolvimento com jogos de azar, ainda tentarão revogar a prisão recorrendo ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília.

Fonte: Terra, www.terra.com.br