Ladrão faz foto com dinheiro e é condenado

No julgamento, concluído nesta semana, Clarke se declarou culpado e foi condenado à prisão perpétua

Um ladrão que posou para uma foto com vários maços de notas e uma anel de diamante que tinha roubado em um assalto à mão armada foi condenado à prisão perpétua na Inglaterra.

A polícia descobriu as fotos, usadas como provas no julgamento, quando apreendeu a câmera digital do suspeito, Yohan Clarke, de 31 anos.

Em setembro de 2009, Clarke e outras quatro pessoas assaltaram uma loja em Croydon, no sul de Londres. No roubo, uma pessoa foi baleada.

Dias depois do assalto, Yohan Clarke e seu irmão, Hamani Clarke, de 23 anos, foram parados em uma operação da polícia. Durante a revista do carro, a polícia encontrou uma câmera digital com Yohan.

A câmera continha imagens dos irmãos posando com maços de dinheiro e com um anel também roubado, no valor de 3,5 mil libras (mais de R$ 9,4 mil).

No julgamento, concluído nesta semana, Clarke se declarou culpado e foi condenado à prisão perpétua por três acusações, conspiração para roubo, posse de arma de fogo na época do crime e agressão corporal grave com intenção de matar. Yohan Clarke deverá cumprir um mínimo de 22 anos de prisão.

A Polícia Metropolitana de Londres informou que ainda está procurando pelos outros três que participaram do assalto com Yohan Clarke.

O funcionário da loja assaltada em 2009, que foi baleado, sobreviveu aos ferimentos.



Fonte: g1, www.g1.com.br