Ladrões roubam dupla sertaneja com arma de brinquedo

Os ladrões roubaram uma infinidade de eletrônicos, roupas, tênis, R$ 600 reais em dinheiro

?Eu fiquei com medo do meu pai que tem 71 anos. Durante o assalto, os bandidos renderam todo mundo. Ele ficou bastante alterado?, disse o cantor sertanejo Fabrício, da dupla Fabrício e Fernando, que teve a casa invadida por seis criminosos, sendo três adolescentes, na noite deste domingo (28), em Cuiabá.

Em entrevista ao G1, o cantor relatou que o crime aconteceu logo após a chegada dele junto com o pai na residência da família. Segundo a Polícia Militar, a quadrilha já estava em frente à casa da dupla sertaneja, mas só invadiu o local após a chegada de um amigo do cantor.

Ao G1, a polícia informou que a quadrilha havia roubado um veículo anteriormente à invasão da casa da dupla. Como o combustível do carro acabou, os criminosos optaram por roubar a casa dos sertanejos.

Armados com uma pistola de brinquedo, os assaltantes invadiram a residência, renderam Fabrício, o pai dele e o amigo do cantor. ?Eles eram violentos. Renderam e trancaram todo mundo em um dos quartos?, disse Fabrício. Fernando estava no quarto dos fundos da casa. Os criminosos não foram até o local.

Segundo ele, os ladrões permaneceram no local por aproximadamente 20 minutos. ?Eles entraram em todos os quartos, abriram os armários, entraram no escritório e levaram o que puderam?, relatou.

Fuga

Os ladrões roubaram uma infinidade de eletrônicos, roupas, tênis, R$ 600 reais em dinheiro e até os CDs da dupla. Eles fugiram no carro do amigo dos cantores, mas acabaram interceptados pela polícia no bairro da Manga, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá.

Na cidade vizinha, uma viatura da Polícia Militar percebeu a atitude suspeita dos ocupantes do veículo. Ao tentar realizar a abordagem aos suspeitos, o condutor, um dos adolescentes de 14 anos, fugiu em alta velocidade pela avenida Dom Orlando Chaves, no bairro da Manga.

O criminoso que estava no volante acabou perdendo o controle do veículo e bateu de frente contra uma caçamba de lixo que estava na calçada de uma residência. Com o impacto, a caçamba foi arremessada contra o portão da casa, que acabou caindo sobre o veículo da moradora que estava estacionado na garagem.

Dois suspeitos se feriram. Um deles chegou a ser jogado para fora do veículo e o outro ficou preso nas ferragens. Eles foram socorridos no local e encaminhados ao Pronto-Socorro de Várzea Grande com escoriações no rosto e braços.

À Polícia Militar, os criminosos disseram que esconderam os produtos roubados em uma casa localizada no bairro Altos da Boa Vista, também em Várzea Grande. Os suspeitos estão presos no Centro Integrado de Segurança e Cidadania (Cisc), do bairro Planalto, em Cuiabá. Já os adolescentes serão encaminhados à Delegacia Especializada do Adolescente (DEA). O veículo roubado pelos criminosos ficou totalmente destruído.

Depois do assalto, Fabrício não sabe mais o que fazer para se proteger da violência em Cuiabá. ?Minha casa tem cerca elétrica, câmera. Não sei mais o que fazer com essa criminalidade. A qualquer momento eles podem te pegar de surpresa. Qualquer pessoa está vulnerável?, finalizou o cantor.

De acordo com a Polícia Civil foram registrados em Cuiabá de janeiro a julho deste ano 526 roubos a residências. Em 2010, a polícia registrou 590 casos, o equivalente a mais de um caso por dia na capital.

Fonte: G1