Laudo aponta que modelo encontrada morta foi assassinada

Segundo laudo, a jovem foi vítima de sufocamento.

Na noite deste domingo (24), o laudo do Instituto Médico Legal apontou que a jovem que foi encontrada morta de maneira misteriosa na areia da orla de Praia Grande, no litoral de São Paulo, foi sufocada.

Amanda Miranda estava desaparecida desde o dia 10 de julho e foi achada dois dias depois por moradores que passavam pelo local. Segundo eles, a jovem estava vestida e de tênis, mas não tinha nenhum documento para que fosse realizada a investigação.

Após vários dias, a polícia descobriu que o corpo encontrado era de uma jovem moradora de São Bernardo do Campo.

Segundo o delegado, o laudo aponta que a Amanda foi vítima de um homicídio. "Inicialmente, a suspeita era de que a jovem teria se afogado, mas o laudo acabou constatando que se trata de um homicídio. Nós vamos continuar investigando para dar uma resposta à família", falou Marques, sem dar mais detalhes sobre o caso. Ele preferiu não comentar se a polícia já sabe quem seria o suspeito de cometer o crime para que isso não atrapalhe nas investigações.

Modelo encontrada morta (Crédito: Reprodução)
Modelo encontrada morta (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do G1